24.5 C
Alcanede
Domingo ,21 Julho, 2024
AlcanedeCultura

Revista à Portuguesa regressa a Alcanede com Florbela Queiroz e Natalina José

As veteranas atrizes Florbela Queiroz e Natalina José, duas das maiores vedetas do Teatro de Revista, são as cabeças de cartaz do espetáculo de variedades “Olha que Duas”, que será apresentado no dia 3 de dezembro de 2023, na Associação Recreativa e Cultural de Alcanede (A.R.C.A), pela Companhia Sonhos em Cena. A revista chega a Alcanede por iniciativa do Projeto “100 Memórias e Estórias”.

Além das consagradas atrizes portuguesas, a revista conta com a participação dos atores Raquel Caneca, Gonçalo Brandão e Sara Inês, que têm esgotado as salas por onde têm passado nos últimos tempos, apresentando números de crítica social e política que despertam muitos momentos de gargalhadas.

“Olha que Duas” tem textos de Flávio Gil, Renato Pino e Luís Viegas e apresenta também a recriação de dois textos de César de Oliveira e músicas de Carlos Dionísio. Além da graça e do riso, o fado marca presença nas jovens vozes com fados orelhudos e um bonito medley de fados antigos.

A Revista à Portuguesa que estará em cena, a partir das 16 horas, na A.R.C.A, conta com um guarda roupa luxuoso e atrativas projeções, esta revista tem todos os ingredientes para honrar a história da Revista à Portuguesa.

Florbela Queiroz e Natalina José dão o nome à revista” Olha que duas”, espetáculo promovido pelo Projeto 100 Memórias e Estórias da Santa Casa da Misericórdia de Alcanede, com o apoio da Associação Recreativa e Cultural de Alcanede.

Aquira já o seu bilhete através dos seguintes contactos: 937336038 / 910415995 ou diretamente nas Juntas de Freguesia de Alcanede, Abrã, Fráguas, Gançaria, Tremês ou no Café da Vila (em Alcanede), Café Cadete (em Valverde) e Semear Afetos Abrã e Amiais de Cima.

Preços:
Bilhete Normal – 12 €
Bilhete Criança – 6-11 anos (inclusive) – 6€



Artigos Relacionados

Passo a Passo nova clínica de Fisioterapia já abriu em Alcanede

Portal Alcanede

Manuel J. Vieira: “Só os distraídos podem dizer que só existem obras em ano de eleições”

Portal Alcanede

SFA Concerto de ano novo no dia 14 de janeiro

Carlos Coelho