5.7 C
Alcanede
Quarta-feira ,19 Janeiro, 2022
Artigos de Opinião

Alucinação. A opinião de Américo Martins

Estava a ver um programa sobre a vida selvagem numa zona de seca. A televisão como que teve uma vertigem e os animais apareceram calçados; tornaram-se menos ágeis, mas ainda assim corriam, e, dali a um instante, calças vestidas, mais um pouco, camisa, alguns até com chapéu, aqueles que o podiam pôr. Fantástico. Nunca tinha imaginado tal espetáculo, embora no circo, em pequena escala, já se tenha exibido algo semelhante, mas em estado selvagem é difícil acreditar.
Pareciam mesmo humanos, só pareciam, porque continuavam a morder-se por um osso, tudo como antes de usarem roupa. O cérebro não evoluiu assim tanto por causa do agasalho; com fome está tudo presente até ao mais primitivo da luta pela sobrevivência, fica tudo em causa, vindo mesmo ao de cima o canibalismo em espécies mais sociais. Existem sempre os que, embora com igual fome, se afastam da chacina caminhando: rompem os sapatos, rasgam as calças, a camisa num farrapo, mas a dignidade não é para roer.

É por estas e outras que vejo pouca televisão, não me consigo concentrar no programa, divago e… Ups, saíram do ecrã. Alucinações.

Américo Martins

Artigos Relacionados

Novo Plano de Ordenamento do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros

Portal Alcanede

Muito Obrigado! O Mérito É Vosso

Paulo Coelho

Alcanede em 2050 – Um pesadelo…quase real

Paulo Coelho