5.7 C
Alcanede
Quarta-feira ,19 Janeiro, 2022
Sociedade

ER 361 – Marcha lenta foi um sucesso

Centenas de populares e veículos ligeiros e pesados participaram esta tarde numa marcha lenta de protesto, entre as povoações de Amiais de Cima e Alcanede (Santarém), para reclamarem o arranjo da estrada regional 361.

Na manifestação, que decorreu num troço da estrada com aproximadamente 7 quilómetros, estiveram largas dezenas de veículos, sobretudo camiões de empresas locais, que entupiram por completo a circulação nesta zona durante quase duas horas, numa fila de veículos.

Entre buzinadelas, gritos e cartazes de protesto, a marcha lenta teve o objectivo de alertar para o mau estado desta estrada, que liga Alcanena a Alcanede, e cujo pavimento está degradado há mais de uma década, segundo disse à Lusa Paulo Coelho, um dos organizadores locais da iniciativa. “Quisemos dar uma mostra de força popular às entidades competentes e mostrar que as pessoas desta zona não estão a dormir e estão fartas desta situação”, referiu Luís Ferreira, afirmando também que as populações da zona “já não acreditam em promessas de obras que têm vindo a ser feitas há vários anos”.

Esta estrada serve uma população de quase 9000 habitantes, segundo cálculos da organização do movimento, nomeadamente das freguesias de Alcanede, Gançaria, Abrã e Amiais de Baixo. Na zona existe ainda alguma indústria, nomeadamente o Grupo JJ Louro e a fábrica de curtumes Inducol.

Fonte: Agência Lusa

Artigos Relacionados

Mais um assalto em Alcanede

Paulo Coelho

Junta de Freguesia compra terreno para requalificar zona envolvente ao Castelo de Alcanede

Portal Alcanede

Pé da Pedreira – Festa em honra de Santa Suzana de 10 a 13 de agosto

Carlos Coelho