22.6 C
Alcanede
Quinta-feira ,23 Setembro, 2021
Saúde Sociedade

Carla Vitorino sente que “Nasceu de novo” após transplante de medula

Carla Vitorino, 48 Anos, residente em Valverde, casada e mãe de três filhas, disse recentemente à edição online da revista Família Cristã, que após o transplante de medula a que foi sujeita, há cerca de um ano, “Nasceu de novo”. A caminhada tem sido longa, desgastante, mas apoiada na sua fé e no apoio incondicional da família e amigos.

Na nota introdutória à entrevista, Carla Vitorino recorda que “a doença trouxe consigo uma mudança na relação com Deus, através de um retiro” e que à medida que as pessoas iam falando “eu não queria dar a parte de que realmente eu estava ali a sentir algo, precisava ficar sozinha, aproveitar o momento”, até que, “Entrou o Santíssimo e eu literalmente caí por terra, bati com joelhos no chão, estendi os meus braços para a frente e chorei, chorei tanto como eu nunca tinha chorado… Mas senti-me tão bem!”, desabafou nesta reportagem.

O Portal de Alcanede publica na íntegra este trabalho assinado pela Cláudia Sebastião (entrevista e edição de áudio) e fotos do Ricardo Perna através deste link que incluí cerca de 12 minutos de som.

Clique aqui para ouvir a entrevista.

Sobre a revista Família Cristã

O número zero da revista FAMÍLIA CRISTÃ surge no panorama da comunicação social portuguesa com o nome Família, em Dezembro de 1954. Um mês depois, é lançado o primeiro número. A revista Família implantou-se durante o Estado Novo e, à semelhança de todos os outros órgãos de informação da época, também não escapou ao lápis azul. Antes de ser impressa e publicada era vista por olhos que podiam censurar e riscar os conteúdos que poderiam ferir certas e determinadas susceptibilidades.

A Família era uma revista mensal, simples, feita a pensar nos lares portugueses. O preço avulso era de 2$00 e a assinatura anual cifrava-se nos 25$00. No final da década de 50 assume o nome de Família Cristã. Uns anos depois, é retirado o artigo definido (A) e passa a designar-se apenas por Família Cristã, o título que se mantém até hoje.

A revista portuguesa FAMÍLIA CRISTÃ é propriedade da PAULUS Editora, integrada no Instituto Missionário Pia Sociedade de São Paulo em Portugal, congregação religiosa missionária presente nos quatro cantos do mundo, fundada pelo beato padre Tiago Alberione. O beato, que fundou em 1931, em Itália, a revista Famiglia Cristiana, conhecia as potencialidades dos média para transmitir os preceitos legados por Jesus Cristo e dizia que nenhum tema constituía um tabu para aquela publicação periódica: «Devemos falar de tudo de uma forma cristã.»

Artigos Relacionados

Festa do Vinho em Casais da Charneca premiou produtores da região

Paulo Coelho

700 Doses de droga aprendidas pela GNR, 4 suspeitos detidos

Carlos Coelho

Comunicado posto a circular em nome do corpo activo dos B.V.Alcanede alerta que o socorro poderá estar em causa

Paulo Coelho