17.9 C
Alcanede
Domingo ,19 Maio, 2024
Artigos de Opinião

CPS PSD Santarém

No espaço de uma semana Santarém foi palco de duas inaugurações, uma delas na comemoração do 2º aniversário da eleição deste Executivo PSD, que honram e dignificam qualquer gestão autárquica. O actual Executivo está de parabéns! Não só porque comemora dois anos de eleição mas, em especial, porque deu a Santarém dois equipamentos essenciais para o desenvolvimento cultural e educacional dos mais jovens.

A inauguração do Conservatório de Musica de Santarém deve ser vista como uma marca do que este executivo Municipal, PSD e Dr. Moita Flores, materializam para Santarém, um Concelho dotado das melhores condições para que os jovens possam exercer as suas aptidões culturais de uma forma adequada e com a maior qualidade. Esta facilidade em Santarém representa, também, um símbolo da Capitalidade Cultural que Santarém adquiriu nos últimos anos, permitindo a todos aqueles que, mesmo sendo de qualquer Concelho do Distrito de Santarém, possam vir à nossa Cidade, aprender Música e a adquirir uma formação cultural com uma qualidade nunca vista anteriormente.

A inauguração do Centro Escolar Salgueiro Maia, no Jardim de Baixo, é mais uma constatação dos objectivos a que o PSD e Dr. Moita Flores se propuseram desde o primeiro dia de mandato, dar uma oportunidade de um futuro mais alegre, uma educação dada em condições de qualidade, seja em que freguesia for, a todos os jovens deste nosso Concelho, às futuras gerações de Santarém.

Não existirá nenhum Avô, Pai, Neto ou Filho, que não reconheça hoje que o actual Executivo Camarário mudou completamente a realidade da educação no nosso Concelho, garantindo aos jovens as melhores condições para aprender e brincar, aos professores uma situação de invejável qualidade para ensinar.

A Comissão Política de Santarém do PSD vê estas duas inaugurações como uma homenagem a todos aqueles que viveram em Santarém, durante a sua fase escolar, e que devido à falta de visão do Partido Socialista, em que os jovens e a educação não foram uma prioridade, nunca tiveram a oportunidade de ter umas condições de qualidade para aprender e desenvolver as suas aptidões culturais como têm os jovens actualmente.

A Comissão Política de Santarém do PSD enaltece a audácia e iniciativa do actual Executivo Municipal, considera que tem garantido aos jovens do nosso Concelho condições de bem-estar, culturais, educativas e sociais que as gerações anteriores não tiveram em Santarém.

Hoje, infelizmente, o Partido Socialista continua a condicionar o avanço e desenvolvimento local em Portugal e por conseguinte também em Santarém, com uma política Nacional ruinosa, deixando o País à beira da falência, obrigando Portugal a pedir auxílio financeiro externo, assinar o memorando com a Troika e exigindo múltiplos sacrifícios a todos os Portugueses, acabou por criar condições impeditivas ao crescimento económico, em conjunto com a degradação financeira do Estado, que inviabilizaram a dinâmica das estruturas económicas locais que fornecem as receitas necessárias para o normal funcionamento da autarquia, não esquecendo que este desgoverno Socialista à frente do nosso País originou consequências negativas inimagináveis para os Portugueses, para as Empresas, para os Municípios e Freguesias.

O Partido Socialista faliu Santarém e replicou a prática em Portugal.

Afinal, os responsáveis pelo estado a que Santarém chegou em 2005 são os mesmos que deixaram este País de rastos e são aqueles que, sem nunca pedir perdão, hoje continuam a contestar quem faz obra, quem reforma e quem na realidade está ao lado das pessoas deste Concelho.

NOTA: No antigo site do Portal esta página foi lida 251 vezes

Artigos Relacionados

Remar Contra a Maré

Portal Alcanede

Tomáramos todos nós! A opinião de Idália Serrão

Portal Alcanede

A terceira “Carta de Alcanede” – Por José Raimundo Noras

Portal Alcanede