13 C
Alcanede
Terça-feira ,7 Dezembro, 2021
Artigos de Opinião

Vandalismo no Castelo Parte III

Voltei ao castelo e dei-me conta de nova investida dos “mouros”. Não sei se pela calada da noite ou se foi tudo à descarada durante o dia, isto porque são inúmeros os vestígios que demonstram que a noite por ali é bem movimentada. Foi um acto de puro vandalismo (terrorismo) sem qualquer hipótese para aqueles “guardas do castelo”.

É pena que as pedras do castelo só tenham ouvidos e não falem mas, também acho que tal sucedesse, de nada valeria porque ninguém as ouvia! Estes “guardas do castelo” são um pouco como os guardas do Vaticano, são afáveis, decorativos e estão ali para servir todo aquele ambiente tranquilizador mas não foram estruturados para tamanha brutalidade… Pela fotografia, tirada pelo cidadão repórter, podemos verificar que ainda houve resistência por parte do banco que guardava o castelo, osseus pés resistiram até quanto o chão lhe deu consistência. Depois dá para a ver também a desproporcionalidade das forças envolvidas, não é só com um “mouro” que se arrasta e atira encosta abaixo este corpo. Valeu todo aquele matagal ali existente à volta do monte do castelo e talvez, por isso, seja uma das razões para que ele não seja cortado.
Quem sabe?!

NOTA: No antigo site do Portal esta página foi lida 349 vezes

Artigos Relacionados

Uma camisa-de-onze-varas

Portal Alcanede

As potencialidades da Serra do Alecrim

Portal Alcanede

Mensagem de Natal de D. Manuel Pelino – Bispo de Santarém

Portal Alcanede