5.7 C
Alcanede
Quarta-feira ,19 Janeiro, 2022
Artigos de Opinião

Se Não és Minha não és de Ninguém

O triste caso ocorrido esta semana na cidade de Santarém levou-me a escrever algumas linhas, segundo reza a história o acto tresloucado cometido por António Sousa aconteceu em plena pastelaria Real, de que a vitima Maria Alice Duarte de 46 anos era sócia gerente. Os contornos deste caso como de qualquer outro semelhante configura um ponto de partida, a atracção, o namoro e o desfecho que pode consubstanciar, uma relação saudável, duradoura ou efémera, isto seria o normal.

Em personalidades pouco estruturadas, como decididamente parece ser o caso acontece: um ponto de partida, a atracção, o namoro e o desfecho que normalmente acaba naquilo que mais primário caracteriza o ser humano, a morte com requintes de malvadez, como deixam transparecer os relatos na comunicação social.

Infelizmente acompanhei imensos casos com desfechos idênticos que de tão escabrosos me questionei incessantemente sobre o motivo do dever profissional que me “obrigava”, a lidar com tanto sangue. Ainda assim encontrei sempre respostas em consciência, que acabavam sempre com o ideal ” pode ser que isto leve o ouvinte ou o leitor a reflectir, que não é assim que se trata a vida. É claro que sai sempre derrotado, é claro que o mundo prossegue o seu desígnio, é claro que haverá sempre o sol e a chuva, o quente e frio, o bêbado e o são, o psicótico e os outros que estão dentro do padrão confiável como “normal”. Posto isto, os números da violência e que degeneram em morte são dramáticos, estou a basear-me em 26 mulheres mortas só este ano, dados provisórios de acordo com União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR).

Na velha premissa mudam-se os tempos mudam-se as vontades, estamos a assistir à mutação do perfil dos agressores. O indivíduo bêbedo ou toxicodependente dá agora lugar a um homem jovem, entre os 25 e os 40 anos, com alguma instrução e socialmente bem estruturado. No entanto, no íntimo do lar abusa da violência física e psicológica. Ele pode ser o marido, companheiro, namorado ou o ex-marido, o ex-companheiro e ex-namorado, que não aceitou o fim da relação.

Esta quinta feira assinala-se o dia internacional contra a violência das mulheres, basicamente é mais um dia vazio, que deverá chamar a atenção para estas temáticas mas que apenas tem o condão de ser mais um dia, onde vai fazer sol ou chuva.

NOTA: No antigo site do Portal esta página foi lida 276 vezes

Artigos Relacionados

A Sociedade que temos

Portal Alcanede

Segurança Social parte II

Carlos Coelho

Responsabilização dos Associados de uma instituição

Portal Alcanede