5.7 C
Alcanede
Quarta-feira ,19 Janeiro, 2022
Artigos de Opinião

Vale da Trave e Casal de Além indignados com a degradação da estrada principal

As populações do Vale da Trave e Casal de Além estão indignadas com o estado dos acessos que servem estes dois lugares. Para piorar a situação a forma irresponsável como a Junta de Freguesia e a Câmara Municipal estão a gerir a situação tem contribuído para levar ao descrédito de toda a informação prestada por estas entidades, o que tem gerado um verdadeiro clima de desconfiança e mal-estar.

A estrada que atravessa estes lugares e faz a ligação ao Cortiçal e às Barreirinhas. Nos últimos anos tem-se verificado um aumento do tráfego de pesados nesta via, em virtude do escoamento da produção de muitas das empresas desta região estar a ser canalizada para o entreposto nos Riachos. Por outro lado, esta via tem sido muito utilizada como alternativa à ER 361 o que originou a sua degradação até a um limite nunca antes visto. O pavimento é velho e é inadequado para este tipo de tráfego.

A informação prestada pela Junta de freguesia é de que a responsabilidade da sua manutenção passou para o domínio da Câmara Municipal em virtude de esta via ter sido reclassificada. A informação da Câmara Municipal é de que a situação irá ser resolvida a muito breve prazo, sendo intenção da autarquia proceder à sua repavimentação, de acordo com a informação prestada pelo Sr. Vereador Ricardo Gonçalves ao presidente da Mesa da Assembleia de Compartes do Baldio do Vale da trave, aquando da sua visita ao Vale da Trave no período dos festejos, entre 16 a 18 de Abril.

A verdade é que nos 18 anos de vida desta estrada, que foi construída pelo povo, nunca as crateras foram tantas e duraram tanto tempo. Até este ano, nunca os festejos do Vale da Trave se realizaram sem que a manutenção da estrada não tivesse sido feita.

Enfim, para finalizar, no início desta semana, dia 10 e 11 de Maio, vieram 4 máquinas para a estrada, pressupostamente para dar início aos trabalhos, mas, ao fim e ao cabo, acabaram por varrer a estrada e os buracos, e deixar as bermas num estado lastimoso com inúmeras pedras soltas levantadas. Depois foram-se embora sem que a parte da estrada que liga o Vale da Trave às Barreirinhas tivesse sido sequer “varrida”.

A população está indignada, não compreende porque é que a Junta de freguesia não tapa os buracos à semelhança do que é feito na parte da estrada que se localiza na freguesia da Abrã (sempre é melhor que nada). Não compreende que contratos são estes que a Câmara possui com as empresas que pressupostamente deveriam efectuar a manutenção das estradas do Concelho e aquilo que se verifica é apenas um esbanjar de dinheiro público.

A população está simplesmente indignada com a leviandade e a irresponsabilidade com que este assunto está a ser tratado pela Junta de Freguesia e pela Câmara Municipal. PONTO.

NOTA: No antigo site do Portal esta página foi lida 344 vezes

Artigos Relacionados

A Reforma do Poder Local

Portal Alcanede

A Sociedade que temos

Portal Alcanede

Fazer o bem, sabendo a quem!

Portal Alcanede