15.9 C
Alcanede
Quarta-feira ,14 Abril, 2021
Artigos de Opinião

Tomáramos todos nós! A opinião de Idália Serrão

Escrever no Portal de Alcanede tem para mim um significado especial. Representa uma oportunidade para partilhar opiniões, confrontá-las, se os leitores entenderem dar-me o privilégio da interação, e apresentar pontos de vista, dentro da frontalidade e da elevação que a prática editorial desde início tem vindo a definir. Desta forma participarei no movimento desencadeado pela direção do Portal, de grande abertura a todas cores e a todos os quadrantes políticos. Resta-me, pois, agradecer o acolhimento.
As ferramentas com que hoje fazemos circular a informação vieram mudar a forma como vemos o mundo. Se por um lado reforçámos o sentido de comunidade, fazendo da notícia, muitas vezes desvalorizada por estar perto de nós, um meio não apenas de difundir ditos e feitos, mas de reafirmar os cidadãos como elos imprescindíveis de uma cadeia que ambicionamos forte e coesa; por outro lado também alargámos as fronteiras do nosso território, mostrando a muitos tudo aquilo que jamais conheceriam se não fosse por esta via. Brindámos aos nossos com afetos, valorizando o seu património, e ao mesmo tempo vencemos a fronteira do local, projetando o nosso património a uma escala global.

Alcanede, território onde a capacidade de empreender não pode deixar de ser matéria para reflexão, dá-nos uma vez mais o mote. As histórias de sucesso perdem-se na memória da minha geração. Quem cruza as estradas do concelho e do país, encontra-se amiúde com os produtos e as marcas da serra. E revê-se não só no concelho, como no empreendedorismo e na inovação que tem atravessado as diferentes gerações de alcanedenses. Não é pois de estranhar que um instrumento como o Portal de Alcanede tenha surgido, por iniciativa dos cidadãos, e assim se mantenha com o esforço dos seus promotores e o compromisso da comunidade.

Que pode haver de tão diferente a norte de Santarém? Talvez seja a capacidade de ver para além do imediato; de recusar o caminho mais fácil; de inovar; de recusar o fazer avulso e inconsequente; a capacidade de ir para além daquilo que aparentemente todos conseguem vislumbrar. E neste aspeto não precisamos de ir buscar exemplos apenas aos empresários. Olhemos, por exemplo, para a forma como as sociedades filarmónicas encontraram no ensino da música um meio para promover a formação pessoal dos jovens, a coesão das famílias, o orgulho pela terra que os acolheu ou que os viu nascer e o enriquecimento do país, para o qual transferiram massa crítica competente e qualificada. Tomáramos nós que nos últimos anos, mais precisamente desde 2005, os responsáveis políticos pela Câmara de Santarém tivessem olhado para o concelho com a mesma capacidade e com a mesma ambição. Tomáramos todos nós!

Idália Serrão
Deputada à Assembleia da República eleita pelo Partido Socialista

Artigos Relacionados

2019 – Novo ano mais proximidade à comunidade

Portal Alcanede

A.H.B.V.A e Corpo Ativo – Agradecimento

Portal Alcanede

A história da Susana Horta de Alcanede

Carlos Coelho