15.9 C
Alcanede
Quarta-feira ,14 Abril, 2021
Artigos de Opinião

Sermão do encontro

Frente à farmácia acontecia o Sermão do Encontro. Eu tinha medo; aparecia de um lado a imagem de Jesus com a cruz às costas, do outro a Mãe num pranto, o Senhor Padre José Ferreira em cima de uma estrado, com voz forte e vibrante, fazia chorar muitas pessoas de emoção.

Havia a prática de atemorizar e assustar os crentes, as ovelhas, com toda a espécie de perigos e castigos para que o rebanho se mantivesse unido e não contestasse o status quo social instalado. Infelizmente, para muitos que praticam o polimento de botas, não foi o medo nem a conformidade com os poderes instalados que Jesus praticou, por mais que continuem a insistir no enviesamento da Mensagem para o lado da submissão e subserviência bacoca. E morreu com dignidade, um bem intangível.

Num dia a seguir à Páscoa, de manhã cedo, aparecia o Anglia branco a dançar nos buracos da estrada empedrada. Nós, sempre dois, estávamos ansiosos à espera do Senhor Prior para cada um pegar na sua cesta de verga, forrada por uma toalhinha branca que dobrava por cima do recheio: amêndoas pequeninas, para ser mais assertivo, amendoins com calda de açúcar.

E era dada a partida, correndo de casa em casa, rapidamente aspergindo as pessoas com água benta, limpando o dinheiro do prato directamente para o grande bolso das calças largas, metendo a mão à cesta e largando de bem alto para dentro do prato umas saltitantes e ruidosas meia dúzia de amêndoas, algumas rebolavam pelo chão. Quando não havia dinheiro, um de nós ia ao carro num instante levar a oferta ou até correr atrás da galinha que resolvia escapar à oferenda.

Claro, quando chegávamos ao fim tínhamos os pequenos bolsos fartos, o Prior bem sabia, já estava instituído, mas dava mais uma pitada de amêndoas, uns trocos e a bênção. Como a existência é feita de encontros e desencontros, há dias tive conhecimento de que o meu padre de menino se encontrou com o Jesus Glorioso.

NOTA: No antigo site do Portal esta página foi lida 334 vezes

Artigos Relacionados

Inércia vs Pró-actividade

Paulo Coelho

Testemunhar o bom humor de Deus

Portal Alcanede

BTTegas

Portal Alcanede