10.3 C
Alcanede
Quinta-feira ,2 Dezembro, 2021
Sociedade

Movimento “Mochila às Costas” pedala em abril para angariar duas toneladas de alimentos

O “Movimento Mochila às Costas”, criado em 2011, volta a pedalar no dia 19 de abril de 2014 percorrendo as estradas das freguesias de Alcanede e Gançaria. A iniciativa, que vai para a sua 3ª edição, ganha novo fôlego após a pausa do ano passado que serviu para reestruturar o projeto e que este ano apresenta alguma inovação, pretendendo crescer no sentido de angariar duas toneladas de alimentos.

Uma das novidades do evento é a criação uma conta solidária (00455 4444 0263442274 26) que, segundo João Ferreira, elemento da organização, servirá para “ajudar a fazer face às despesas da atividade e para complementar os cabazes com produtos em falta”.

Está também previsto, para o dia 12 de Abril, a realização na Associação Recreativa e Cultural de Alcanede (A.R.C.A.), de um Workshop de Suporte Básico de Vida, onde serão, “ensinados pequenos gestos que poderão salvar vidas”, a atividade é limitada a 75 participantes e terá um “custo simbólico”, no ato de inscrição.

A pedalada de bicicleta pela solidariedade dos que mais necessitam estende-se, para além dos alimentos, às roupas e brinquedos (novos ou usados), materiais que os participantes pretendem recolher no dia do evento.

A edição deste ano do Movimento Mochila às Costas prevê reunir cerca de 120 elementos “distribuídos por seis grupos de trabalho” que terão a missão de visitar “trinta e três localidades”. Serão ainda necessários, segundo João Ferreira, “vários elementos para dar apoio ao nível da organização de alimentos, recolha, armazenagem, distribuição e confeção do jantar”, nas instalações da A.R.C.A, bem como para a “preparação de almoços, secretariado e para carros de apoio”.

Definido está também o ponto de reunião do dia 19 de abril, que será no campo da feira de Alcanede, local próximo do parque desportivo que servirá de apoio ao evento, ao nível de instalações e balneários.

Após a passagem do Movimento Mochila às Costas estão previstos pontos de recolha de alimentos nas principais localidades (cafés e associações), onde as populações poderão depositar diretamente os bens alimentares. A organização possibilita ainda a hipótese dos circuitos mais urbanos das freguesias de Alcanede e Gançaria serem efetuados a pé para que, “quem não queira ou não possa andar de bicicleta, também tenha oportunidade de ajudar”, disse João Ferreira.

Há dois anos o projeto Mochila às Costas angariou 1724 quilos de alimentos e 400 euros em donativos, uma meta que a organização se propõem ultrapassar, em 2014, “para as duas toneladas”.

Refira-se que os alimentos recolhidos na edição de 2012 foram distribuídos em 60 cabazes entregues às famílias sinalizadas através da Santa Casa da Misericórdia de Alcanede, colaboradora deste projeto, a par da Associação Desportiva de Aldeia da Ribeira, Associação Recreativa e Cultural de Alcanede, Bombeiros Voluntários de Alcanede, Escuteiros da Gançaria, Juntas de Freguesia de Alcanede e Gançaria e pelo Agrupamento de Escolas D. Afonso Henriques que irá apoiar o evento na cedência de bicicletas.

Clique aqui para aceder à ficha de inscrição:

MMC 2014


Artigos Relacionados

Caçadores detidos em Valverde

Paulo Coelho

Auto Bar celebra 11 anos de permanência em Alcanede

Portal Alcanede

15ª Edição do “convívio os 40`s”, junta amigos gastronomia e fado

Carlos Coelho