15 C
Alcanede
Terça-feira ,30 Novembro, 2021
Sociedade

Médico do centro de saúde de Alcanede preso por esquema fraudulento

Um médico de família que presta serviço na Extensão de Saúde de Alcanede, Santarém, e nas Urgências do Hospital de Torres Novas foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeitas de burla ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) em várias centenas de milhares de euros. Já foi ouvido em tribunal, tendo o juiz Carlos Alexandre determinado como medida de coação a prisão preventiva.

Em causa estão suspeitas de falsificação de receitas médicas de remédios indevidamente comparticipados, para as quais o clínico, de 64 anos, terá emitido atestados em que constavam também falsas declarações clínicas. Além disso, e ao que o CM apurou, as autoridades suspeitam de que o clínico terá recebido quantias avultadas como contrapartida por passar receitas desses medicamentos. Tanto que, no âmbito desta operação, foram constituídos mais seis arguidos: serão todos delegados de informação médica. Foi ainda apreendida diversa documentação, receituário médico e material informático.

Pelo que o CM apurou, o médico em causa já estava a ser alvo de um processo disciplinar na Extensão de Saúde de Alcanede. No entanto, a sua detenção provocou surpresa no local de trabalho: o clínico era tido como uma pessoa disponível, solidária e por quem os funcionários daquela unidade tinham simpatia. Contribuía para isso o facto de ter uma história familiar conhecida, por ser complicada, e dificuldades financeiras causadas por problemas com um dos seus filhos.

Os doentes têm sido informados do cancelamento das consultas, e a direção da Extensão de Saúde, que pertence ao Centro de Saúde de Santarém, está a tentar encontrar uma solução.

FONTE: Correio da Manhã 
 

Artigos Relacionados

Viegas beneficia da alteração ao PDM de Santarém

Paulo Coelho

Aldeia d`Além em Festa de 1 a 5 de março

Portal Alcanede

César Martins mantém a presidência da direcção da S.F.A

Paulo Coelho