18.7 C
Alcanede
Quarta-feira ,12 Agosto, 2020
Coletividades Cultura

Luciano Santos – Empresário da região faz doação à Banda do Xartinho

“Não devemos perder ou esquecer de onde viemos e não devemos quebrar as ligações com as nossas origens”. É desta forma que Luciano Miguel Santos, natural de Pé da Pedreira, reconhece a importância que a Banda do Xartinho teve no seu percurso de vida, e de tantas crianças da sua terra, no início dos anos 90.

Os anos passam, mas o sentimento e gosto pela instituição musical da freguesia de Alcanede mantém-se intocável, levando este empresário a oferecer, recentemente, à Sociedade Musical e Recreativa do Xartinho (S.M.R.X) um instrumento musical, contribuindo desta forma, “para ajudar na qualidade da música e também motivar os muitos jovens que ali são músicos”, disse.

Trata-se de um Saxofone-alto, topo de gama da Yamaha, “pensei em ajudar aquela coletividade que me ajudou a formar”, abordando a direção e o Maestro nesse sentido, ressalvando que, “não o consigo fazer despendendo tempo, pois não sobra muito para conseguir ter todas as empresas em bom funcionamento”, referiu ao Portal de Alcanede o empresário que atualmente é dono de parte de um dos maiores Grupos de empresas da nossa região: Moca Stone, Pedra de Toque, TPM, Pedrantiqua e a Essenzia.

Com o simbolismo do ato, Luciano Santos, pretendeu “passar uma mensagem de que com foco, trabalho e determinação, tudo é possível”, e que não devemos “perder ou esquecer de onde viemos e que não devemos quebrar as ligações com as nossas origens”, afirmou.

Enquanto músico da Banda do Xartinho teve vários Maestros, “desde o tipo escola Militar, ao mais moderno, e aprendi com todos. Foi aqui que aprendi a respeitar os outros, regras, trabalho de equipa e, acima de tudo, compromisso”, não esquecendo que aquela “fase da vida foi muito importante para a minha formação como pessoa”.

Por consequência da sua atividade profissional, Luciano Santos, leva hoje em dia a nossa bandeira pelo Mundo fora com a “Pedra Natural Portuguesa”, mas também o fez como músico no Xartinho, “durante 12 Anos participei em festas e romarias, encontros de bandas de norte ao sul do nosso Pais, e tive a oportunidade de fazer deslocações ao estrangeiro representando a SMR Xartinho, a freguesia de Alcanede, o nosso concelho e usando orgulhosamente a bandeira de Portugal no fardamento”, recordou.

Atualmente, o Grupo de empresas que ajuda a dinamizar, criou “um bom número de postos de trabalho”, apoiando ativamente “a Cultura e Recreio na nossa freguesia e fora dela, somos comprometidos socialmente com todos”, contribuindo com “donativos a várias corporações de Bombeiros, incluindo a dos B. V. Alcanede. Dentro dos nossos limites, ajudamos”, disse ao Portal de Alcanede Luciano Miguel Santos.

Artigos Relacionados

SFA – Festival de verão aposta na música tradicional

Carlos Coelho

Sociedade Filarmónica Alcanedense já leva 111 anos de história

Paulo Coelho

Filarmónica de Alcanede organiza Master de Trompete

Carlos Coelho