17 C
Alcanede
Quarta-feira ,14 Abril, 2021
Artigos de Opinião

Inércia vs Pró-actividade

Como cidadão alcanedense, congratulo-me pelo interesse agora demonstrado pelo CDS-PP, no que à luta pela repavimentação da ER 361 diz respeito. Quero deixar bem claro que este artigo é apenas assinado por mim, pelo que não vou vincular qualquer outro elemento do movimento cívico, espontaneamente criado para a defesa desta via rodoviária. No momento em que estou a escrever este texto, não faço a mínima ideia do que pensam os restantes companheiros envolvidos directa ou indirectamente neste processo, sobre o que agora vou reflectir. É só a minha opinião e cada um terá a sua.

O CDS-PP, através do deputado eleito pelo círculo de Santarém, Filipe Lobo d’ Ávila e com o apoio do deputado Hélder Amaral, vieram agora a terreiro mostrar preocupação pela ER 361 entre Alcanede e Alcanena, ou melhor… entre Alcanena e Amiais de Cima! Um bom sinal. Acho eu?! Sinal de que o partido do Dr. Paulo Portas dá como dado adquirido o arranque das obras entre Alcanede e Amiais de Cima a breve prazo.

Tendo eu, estado presente na reunião realizada na Assembleia da Republica em Junho deste ano com a Comissão Parlamentar de Obras Públicas, Transportes e Comunicações, não posso, como não fiquei, indiferente à falta de presença do CDS-PP nesse importante encontro. Tanto mais, que as questões agora feitas pelos centristas, não só pecam por tardias, como demonstram alguma falta de conhecimento deste processo! A não ser que seja um erro na redacção do texto a que tive acesso?

A nota agora enviada pelo CDS-PP à imprensa, omite o concurso lançado pela Estradas de Portugal, S.A (EP) para o troço entre Alcanede – Amiais de Cima, minimiza o Movimento Cívico (e não Movimentos, como refere) e não fala das 4604 assinaturas recolhidas pela força da petição!. No fundo, descarta milhares de horas de trabalho de todos os directamente envolvidos neste desgastante propósito.

Mas, pior do que isto, só fico mesmo preocupado com as questões feitas pelo deputado (s) do CDS-PP ao Ministério das Obras Publicas, Transportes e Comunicações! Como é que passados tantos meses (10), uma das perguntas seja, e passo a citar: “O Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações tem conhecimento da situação?”

Desculpe que lhe diga Sr. deputado, mas assim sou obrigado a pensar que têm estado muitíssimo distraído!
Não têm acesso aos requerimentos feitos pela XI Comissão Parlamentar de Obras Públicas, Transportes e Comunicações? Não têm conhecimento das questões que já foram feitas e a quem foram dirigidas? É verdade que faltaram à reunião, mas perguntar não custa.

Também é verdade que ainda faltam fazer algumas questões e, sobretudo, obter algumas respostas, nomeadamente do Ministério em causa… Mas não saber em que pé está actualmente o processo da ER 361, parece-me um pouco (não sei como dizer)… descabido nesta altura?!

Agradeço-lhe pessoalmente o empenho agora demonstrado por si, pelo seu partido e por todos os outros que democraticamente elegemos para representar as populações. Afinal de contas, é para este tipo de intervenções que foram eleitos.

O Sr. deputado, embora com relativo atraso já questionou alguém. Bem-haja por isso ainda veio a tempo.

Gostava de ver e sentir a mesma pró actividade, por exemplo da parte das câmaras municipais de Alcanena e Santarém. Se as pessoas continuassem à espera de pareceres de outras entidades, politicamente a ER 361 ficaria eternamente na mesma e nem um centímetro de alcatrão estaria hoje em discussão. A 1ª fase vai arrancar e não foi por pressão política.

Artigos Relacionados

Vandalismo em Alcanede – Um dia pode correr mesmo mal! Opinião Paulo Coelho

Portal Alcanede

Mais ou menos valias

Portal Alcanede

Reforma Administrativa – Agregação de Freguesias

Portal Alcanede