10.3 C
Alcanede
Quinta-feira ,2 Dezembro, 2021
Educação

Feira Medieval de Alcanede – Uma lição de história ao vivo

No âmbito da comemoração dos 850 da elevação de Alcanede a Vila, algumas das zonas históricas da localidade foram palco, no dia 31 de maio de 2013, de uma recriação da “Visitação de El-Rei D. Afonso Henriques ao Termo de Alcanede”. A iniciativa foi organizada pela Junta de Freguesia e Agrupamento de Escolas de Alcanede.
A Feira Medieval teve o condão de atrair à sede de freguesia centenas de pessoas que fizeram questão de participar no evento histórico que contemplou um desfile, desde o Castelo até ao Pelourinho, com passagem pelo centro da vila.

No largo do Pelourinho foi lida “uma carta de Dom Afonso Henriques à população de Alcanede, apelando à sua participação na luta contra os mouros no processo da reconquista cristã”, perante o olhar atento da população.

O Presidente da Junta de Freguesia de Alcanede, que encarnou a figura de D. Afonso Henriques, enalteceu a importância do evento, “além do aspeto cultural e da história da nossa vila, damos também a conhecer um bocadinho da nossa gastronomia”. O envolvimento da autarquia local passou, segundo Manuel Joaquim Vieira, “por uma colaboração estreita com o Agrupamento de Escolas e com toda a logística necessária para o sucesso desta recriação histórica”, desde o trabalho de todos os funcionários da junta, o porco no espeto e aquisição de vários materiais necessários.

Fundamental nesta Feira Medieval foi todo o trabalho desenvolvido pelos professores, funcionários, alunos, pais, assistentes operacionais e técnicos ligados ao Agrupamento de Escolas D. Afonso Henriques de Alcanede. Mais de uma centena de pessoas participaram de forma ativa para o sucesso da iniciativa.

A Diretora do Agrupamento apontou como uma das razões para a realização desta recriação, “a realidade de vivermos numa vila histórica, uma vila já por si com foral desde a época medieval e na necessidade que sentimos de transmitir aos alunos as lições de história ao vivo”, disse.

Helena Vieira salientou, além do caracter pedagógico da Feira Medieval, “o envolvimento da comunidade na vida da escola”, fazendo com que as pessoas “tenham orgulho na sua terra, ao mesmo tempo que valorizam o seu passado histórico”.

Em destaque estiveram também as diversas bancas de vendas de produtos gastronómicos e artesanais, os jogos tradicionais da época recriada, as exposições temáticas e as danças medievais, num dia em que o “negócio correu muito bem”, segundo transmitiram à nossa reportagem os dinamizadores dos vários espaços de venda.

Nota: O Portal de Alcanede está a preparar um vídeo com a reportagem completa da Feira Medieval. Um trabalho que tencionamos apresentar em breve.

Ver Fotos

Artigos Relacionados

Centro de Saúde convida crianças do 1º ciclo do AEA para ação inédita em Alcanede

Paulo Coelho

Arraial popular da festa de fim de ano escolar quer resolver assuntos que preocupam os pais

Carlos Coelho

Atribuição do SELO ESCOLA SAUDAVELMENTE – Ordem dos Psicólogos Portugueses

Carlos Coelho