17.9 C
Alcanede
Segunda-feira ,22 Abril, 2019
Artigos de Opinião

Exposição no Convento de S. Francisco – “Pedra, conta-me Histórias”

Integrado nas comemorações do Feriado Municipal do Concelho de Santarém coube este ano ao Agrupamento de escolas D. Afonso Henriques, através do seu departamento de ensino Pré- escolar dar a conhecer pelo olhar das crianças o património cultural e artístico da terra onde vivem.

Inspirados numa frase de Almeida Garrett, referindo-se à monumentalidade de Santarém como: – “um livro de pedra em que a mais interessante das nossas crónicas está escrita” juntámos do Projeto Educativo do Agrupamento, o tema que estamos a trabalhar em articulação com o Parque Natural da Serra d’Aire e Candeeiros, no âmbito da Autonomia e Flexibilidade Curricular no presente ano letivo – “Da Serra ao Rio” e já que todo o concelho se espraia entre serras e rio, ostentando a riqueza e diversidade do reino mineral, desde as rochas mais agrestes da serra aos seixos redondos e lisos das margens do Tejo e do Alviela, agarrámos esta realidade concreta da vida das nossas crianças já que os Jardins de Infância do Agrupamento de Escolas D.Afonso Henriques se situam na zona da Serra de Aire e Candeeiros e do rio Alviela e como na zona da serra existem pedras de calçada e na zona do rio existem seixos, surgiu a ideia de juntar os dois tipos de pedra.

Conscientes de que cabe aos profissionais de educação fomentar a experiência artística e de acordo com o Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, partindo deste conjunto de realidades, propusemos a produção de trabalhos em pedra, que podem ser bidimensionais ou tridimensionais.

Como se em pleno século XXI sonhássemos dar continuidade àquele livro a que Almeida Garrett se refere.

Não se trata de reproduzir ou fazer recriações em pedra do património que caracteriza a região, mas de, através deste elemento, criar uma tentativa de eternizar factos ocorridos na vida real ou no imaginário: Porque não construir a casinha de pedra da avó do Capuchinho Vermelho, ou a gruta onde os anões da Branca de Neve procuravam pepitas de ouro? Isto para falar de histórias bem conhecidas… Não se descarta, contudo, um outro tipo de produções mais ligadas à realidade da região.

Por isso este projeto é intitulado “Pedra, conta-me histórias.”

Distribuímos pelos jardins de infância do Concelho que quiseram envolver-se neste projeto, um Kit com algumas pedras (da serra e do rio) às quais cada grupo pôde juntar as que entendeu, dando largas à criatividade. E eis que vamos expor o trabalho final, com inauguração no dia 16 e patente ao público até 22 de março.

Convidamos desde já todos a visitarem esta exposição!

Estamos certos de que nos vamos admirar e encantar com as produções das crianças das 19 instituições do Concelho, com um total de 37 trabalhos expostos.

Alcanede,Pedras com História!

A diretora
Mª Helena Vieira


Artigos Relacionados

Dias Realmente Úteis

Portal Alcanede

Os ataques contra a família

Portal Alcanede

Opinião de Paulo Coelho: Alguém arranja por aí uma dose de paciência?

Paulo Coelho