10.3 C
Alcanede
Quinta-feira ,2 Dezembro, 2021
Entrevistas

Evolução da A.R.C.A tem sido positiva

pmendo

pmendoO presidente da Mesa da Assembleia-geral da Associação Recreativa e Cultural de Alcanede, Paulo Mendo revelou ao Portal de Alcanede, as expectativas para as festividades deste ano e os projectos futuros. A A.R.C.A promete novo projecto de animação na próxima edição da Expo-Alcanede e a criação de um restaurante típico.

01 ent paulomendo



Portal Alcanede – Como tem sido a experiência como dirigente associativo?

PMendo – Extremamente enriquecedora. Pelo contacto com personalidades e instituições de vários quadrantes, a convivência com as diferentes faixas etárias, no que diz respeito ao associativismo. Mas acima de tudo poder participar e fazer parte na dinamização de Alcanede e da própria freguesia.

PA – É fácil levar a juventude a participar?

PMendo – Não é fácil, mas desde o início, tem sido um dos grandes objectivos pessoais. Os jovens na sua maioria não têm presente a importância do associativismo, enquanto organização social, no desenvolvimento de uma região tanto a nível cultural/recreativo como até a nível das relações interpessoais. Eu acredito e sempre acreditei na força que os jovens têm e nas potencialidades que por vezes eles próprios ainda desconhecem, mas que acabam mais tarde ou mais cedo por virem ao de cima, desta forma tem sido um objectivo pessoal e até à presente data tem dado frutos.

PA – O apoio da chamada ” velha guarda ” mantêm-se?

PMendo – Sim claro. O apoio sempre existiu e é indispensável. A experiência e conhecimento que os mais “velhos” têm do Associativismo, são um exemplo para os mais novos. Eu aprendi muito com todas essas pessoas, no fundo é também uma forma de crescimento acima de tudo como Homens. Já agora aproveito para referir e agradecer de uma forma geral a todos aqueles que integraram e contribuíram para o espaço que hoje podemos usufruir, particularmente ao Sr. Manuel Ferreira, a D. Isabel Nobre e a D. Manuela Montez, grandes exemplos de entrega e de cidadania, pessoas realmente maravilhosas, que puseram mãos à obra.

PA – Como tens visto a evolução da A.R.C.A nos últimos anos?

PMendo – De uma perspectiva geral a evolução da A.R.C.A. tem sido muito positiva, mas como é óbvio ainda há muito para trabalhar, modernizar e desenvolver. Temos vindo a criar uma nova imagem, mais moderna, nunca esquecendo os valores e tudo o que nos liga a Alcanede a sua história a sua tradição.

PA – Ao todo, quantas pessoas estão envolvidas na organização dos festejos?

PMendo – Mais de 40 pessoas. Os que pertencem aos Órgãos de Gestão da A.R.C.A, os que já fizeram parte da associação mas que dão o seu contributo, e todas as outras pessoas que por iniciativa própria dão o seu conributo.

PA – Quais são os grandes destaques do programa deste ano?

PMendo – O programa volta a ser eclético, de forma a podermos chegar ao maior número de pessoas possível, temos por exemplo vários concertos com bandas de garagem no nosso Takhi Bar, concertos com bandas de baile e um concerto com a banda filarmónica de Alcanede. Não esquecendo todas as actividades que já são tradição tanto para as crianças como para os adultos.

PA – Neste momento, quantos sócios tem a A.R.C.A?

PMendo – 156 sócios.

PA – O que é possível fazer para captar mais associados?

PMendo – Estamos a informatizar a nossa base de dados para mais facilmente podermos chegar aos nossos sócios, e vamos apostar na divulgação da associação. Acredito que o portal de Alcanede é por exemplo: uma excelente forma de fazermos chegar a A.R.C.A mais longe. As novas tecnologias são uma ferramenta essencial, num mundo onde tudo acontece ao segundo. Estou a conversar convosco agora e, daqui a instantes por via da internet as minhas palavras podem ser lida por centenas, ou milhares de pessoas… é fantástico!

PA – Ao nível de actividades, no futuro que acção ou acções a A.R.C.A pretende dinamizar, extra festa de Alcanede?

PMendo – Estamos a trabalhar em vários projectos, nomeadamente: queremos voltar a fazer parcerias a nível cultural com a C.M.S. como foi feito no passado com concertos de grande qualidade e com o Projecto “Olhar a História” que foi um grande sucesso. Estamos também a ponderar a hipótese de fazer um Restaurante Típico. E vamos também participar na Expo Alcanede com um novo Projecto de Animação.

PA – Qual o orçamento anual que a A.R.C.A dispõe?

PMendo – O orçamento que a A.R.C.A tem não é linear. Mas como exemplo, para a festa de Alcanede ser realizada como tem sido nos últimos anos, são necessários cerca de 10.000 Euros.

PA – Que apoios tem?

PMendo – Os apoios que a A.R.C.A tem são a Junta de Freguesia de Alcanede, a CM de Santarém, as empresas e empresários da freguesia e a boa vontade de toda a população de Alcanede.

PA – Paulo Mendo, obrigado e felicidades para toda a equipa da A.R.C.A.
PMendo -Agradeço o vosso convite, deixando aqui as minhas felicitações pela vossa iniciativa esperando que tenha o maior sucesso possível. Podem contar com todo o nosso apoio.

NOTA: No antigo site do Portal esta página foi lida 565 vezes

Artigos Relacionados

Conceição Gaspar: ” População está envelhecida e amargurada”

Portal Alcanede

Helena Vieira: ” A construção do Centro Escolar reveste-se da maior importância para a freguesia de Alcanede”

Portal Alcanede

Manuel J Vieira: “A Expo Alcanede tem evoluído de ano para ano”

Portal Alcanede