5.7 C
Alcanede
Quarta-feira ,19 Janeiro, 2022
Artigos de Opinião

ER 361 Nova Acção

Na próxima Sexta-feira, 16 de Julho o movimento cívico pela ER 361 leva a efeito, de forma simbólica, mais uma acção que visa chamar a atenção para estado de degradação em que se encontra esta via rodoviária. A iniciativa consiste no lançamento de alguns pombos correio (símbolo da paz) a partir do Arrife (KM 61+890) em direcção às localidades de Monsanto e Alcanena, a partir das 18h30 e que para a qual estão todos, desde já convidados.

Os pombos levarão uma mensagem, por um lado de esperança e por outro, de lembrança de que nem tudo está ainda feito.

Tenho a certeza de que está ganha uma primeira grande batalha que movimentou as populações das freguesias de Alcanede, Abrã e Amiais de Baixo (de forma directa) e dezenas de outras localidades (de forma indirecta). Agora é fundamental a mobilização dos habitantes de Monsanto e Alcanena, de forma a pressionarem as entidades competentes para a resolução da 2ª fase das obras. O Movimento Cívico pela ER 361 pode contribuir para o desfecho final que todos pretendemos, mas necessita do verdadeiro envolvimento de todos os interessados na repavimentação de tão importante estrada.

A força e o trabalho até agora demonstrados vão fazer com que mais de metade da obra seja em breve iniciada (Outubro). No entanto, não dá para baixar os braços e pensar que alguém virá para fazer o “nosso trabalho”. Não!… É preciso que Monsanto e Alcanena se organizem tal como fizeram Alcanede e outras freguesias. Só assim a vitória será total.

Desde a marcha condicionada do passado dia 1 de Abril, que os desenvolvimentos registados foram significativos. O sucesso da iniciativa em conjunto com as 4604 assinaturas recolhidas na petição, tiveram o condão de mostrar às entidades competentes, nomeadamente à EP – Estradas de Portugal, S.A, a força que as populações podem ter quando unidas em torno de uma causa e de forma civilizada.

Depois da abertura do concurso público para a 1ª fase, entre Alcanede (KM 52+130) e Amiais de Cima (KM 61+890), a EP confirmou publicamente o inicio das obras entre Setembro e Outubro deste ano, deixando para mais tarde a 2ª fase que ligará Amiais de Cima (KM 61+890) a Alcanena (KM 68+130).

À 1ª fase da obra, orçada em um milhão e setecentos mil euros, concorreram 7 empresas: Construções J.J.R. & Filhos, S. A; NOVOPCA – Construtores Associados, S.A; Construções Pragosa, S. A; Construções Júlio Lopes, S. A; LENA Construções Atlântico, S.A; ASIBEL Construções, S. A; e TOPBET – Trabalhos de Obras Públicas e Pavimentos Betuminosos, S.A.

Resta agora saber qual delas sairá vencedora.

Pelo meio, fomos ainda chamados à Assembleia da Republica (Comissão de Obras Publicas e Transportes), onde a luta pela conclusão das obras até Alcanena, promete durar. O relator Vasco Cunha (PSD) em conjunto com os deputados do PS, PSD, PCP e BE confirmou a subida da petição a discussão no plenário (em data anunciar) e pondera (antes do relatório final), a chamada dos responsáveis pela EP, Inir e ICNB à comissão para esclarecimento de eventuais duvidas que subsistam, além de uma visita pessoal à ER 361.

Embora gratificante, este é um trabalho desgastante, feito de incertezas, desconfianças, ansiedades, mas também de alegrias. No fundo é a essência do dever de cidadania que a todos deve dizer respeito.

Como alguém disse um dia “ A Paciência é a Arte de ter Esperança”.

Felizmente mantenho intacta as duas condições (Paciência e Esperança).

Artigos Relacionados

Moderar e Banir

Portal Alcanede

Vândalos – Os guardiões do Castelo de Alcanede?

Carlos Coelho

Memórias – Na Banca em Alcanede – Os amigos e o toque do sino

Portal Alcanede