20.7 C
Alcanede
Quarta-feira ,28 Outubro, 2020
Alcanede Artigos de Opinião Opinião Portal Região Saúde

Covid-19 em Alcanede – Esclarecimento do Portal de Alcanede

Foto: Getty Images


Na sequência de alguns contactos que temos recebido, via email, mensagens privadas, pessoalmente e através de post ’s no facebook, acusando-nos de “silêncio” sobre os casos Covid-19 na nossa região, o Portal de Alcanede, em meu nome pessoal, vem prestar o seguinte esclarecimento que, sinceramente, depois de 11 anos de atividade deste órgão de comunicação social pensava ser desnecessário!

Assim, faço notar:

  1. O jornalista deve relatar os factos com rigor e exatidão e interpretá-los com honestidade. Os factos devem ser comprovados, ouvindo as partes com interesses atendíveis no caso. A distinção entre notícia e opinião deve ficar bem clara aos olhos do público;

  2. O jornalista deve combater a censura e o sensacionalismo e considerar a acusação sem provas e o plágio como graves faltas profissionais;

  3. Perante as informações dispersas, e não oficiais, de que os casos estão a aumentar substancialmente na nossa freguesia e que, alegadamente, alguns deles afetam pessoas com cargos públicos, o Portal de Alcanede solicitou esclarecimentos à entidade competente, sem ter obtido respostas até ao momento da publicação deste artigo;

  4. A regra aplicada pelas autoridades de saúde distritais, desde o início da pandemia e no que respeita a Santarém, foi sempre de divulgar os dados por concelho e nunca por freguesias. Regra que sempre cumprimos e que, ao que sei, ainda não foi alterada;

  5. Para que fique bem claro, o Portal de Alcanede não fez, não faz, nem fará nenhuma publicação enquanto não tiver informação oficial, e por escrito, das entidades de saúde competentes ou da Câmara Municipal de Santarém, da Junta de Freguesia de Alcanede, das Associações Culturais e Recreativas da freguesia, de outras instituições e/ou dos próprios fregueses infetados que, caso verifiquem de forma pessoal que se justifica o interesse público, queiram partilhar a informação;

  6. Quando divulgámos a existência de casos na Santa Casa da Misericórdia de Alcanede, a informação foi enviada ao Portal através de comunicado oficial da instituição e assinado pela Provedora;

  7. A avaliação de interesse público, neste caso de ajudar a proteger as pessoas que com elas tiveram contacto direto, informando-as publicamente, cabe aos cidadãos infetados com o Coronavírus e/ou outra doença infecto contagiosa qualquer;

  8. Se hoje, amanhã, ou depois, qualquer outro órgão de comunicação social do concelho ou nacional quiser divulgar um assunto com base no que se “diz por aí”, poderá avançar, mas enquanto eu estiver nesta função de responsabilidade no Portal de Alcanede não o farei.

Paulo Coelho

Artigos Relacionados

Peça de teatro “Miss Scarlet” sobe ao palco da ARCA

Portal Alcanede

Caminhar pela Rota dos Santos da Serra do Alecrim ajuda LPCC

Carlos Coelho

Casos Covid-19 levam Centro Social Serra Alecrim a suspender Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário

Portal Alcanede