17.4 C
Alcanede
Quinta-feira ,9 Julho, 2020
Alcanede Economia Portal Região Saúde Sociedade

Covid-19: Diretor Geral da empresa Pedra de Toque confiante de que “voltaremos mais fortes”

A informação de que um menino de 8 Anos, residente no Cortiçal, e enteado de um colaborador da empresa Pedra de Toque deu positivo ao teste da Covid-19, realizado no Hospital de Torres Novas, redobrou a preocupação da administração da empresa, com sede em Murteira, no combate ao coronavírus.

Em declarações ao Portal de Alcanede, o Diretor Geral da empresa que pertence ao Grupo Moca Stone S.A, referiu que, embora sem “certezas de nada”, na sua equipa de colaboradores todos estão “aparentemente bem e ninguém tem sintomas”, disse Luciano Santos.

A importância de uma reação rápida é fundamental e, de imediato, “contratámos uma equipa de desinfestação que atuou logo cedo no passado sábado, em todas as máquinas, balneários, refeitório, escritórios, veículos e em todos os locais de possível e eventual propagação”, afirmou o responsável da empresa.

Esta segunda-feira, 6 de Abril, todos os colaboradores, “sem exceção”, e também a mãe do menino infetado, que trabalha em outra empresa da região, fizeram os testes de despistagem, “não foi fácil, nem barato, de sexta para segunda, principalmente nesta altura ter quem os fizesse, mas felizmente há gente boa que não me deixa ficar mal e, acima de tudo, porque a saúde é o mais importante”, referiu Luciano Santos.

O Diretor Geral da Pedra de Toque ressalva que o objetivo da empresa passa por apoiar todos os colaboradores e “permitir boas condições e bem-estar no isolamento”, para sua própria proteção, e assegurar também, “dentro do possível, a proteção das suas famílias”, sendo que aos que não vivem sozinhos, “arrendámos um pequeno Apart-Hotel aqui perto, ao qual tivemos de garantir que, após a saída, será feita uma desinfestação geral”, citámos.

Neste momento, e até chegarem os resultados dos testes realizados, “vamos todos ficar assim, em isolamento”. Luciano Santos espera que todas as empresas tenham um plano de contingência e que, “tenham a mesma consciência que tivemos”, esperançado que “todos, sem exceção, deixem de uma vez por todas de brincar com coisas sérias e sigam as instruções da DGS, Proteção Civil, GNR, Bombeiros e de todas as autoridades”, desabafou.

Nas declarações ao Portal de Alcanede, o empresário aproveitou para deixar uma mensagem para a sua equipa e que, no fundo, poderá servir para todos os que atravessam, profissional e pessoalmente, momentos de incertezas, “somos duros de roer, e vamos ultrapassar este momento, voltaremos mais fortes!”, apelando a que nesta Páscoa, “para o bem de todos fique com os seus em casa. Ninguém deve circular, em tempo de guerra não há férias da Páscoa! Abraço a todos!”, finalizou Luciano Santos.

Artigos Relacionados

Mini Mercado “Mais Perto” inaugurado em Pé da Pedreira dia 19 de dezembro 2018

Portal Alcanede

11º aniversário do Grupo Motard “Doidos por Elas” trouxe a Alcanede 120 motociclistas

Carlos Coelho

Três encapuzados assaltam moradia em Alcanede

Carlos Coelho