17 C
Alcanede
Sexta-feira ,10 Abril, 2020
Alcanede Saúde

Covid-19: Caso positivo leva CMS a ativar Plano de Emergência e Proteção Civil

A Câmara Municipal de Santarém, através de dois comunicados assinados pelo presidente Ricardo Gonçalves, informa que foi ativado o Plano de Emergência e Proteção Civil. A decisão surgiu após a administração do Hospital Distrital de Santarém ter reportado um caso positivo de infeção de uma profissional de saúde, com idade entre os 35 e 45 Anos.

Uma nota também para as medidas preventivas levadas a cabo pela Junta de Freguesia de Alcanede que, através do seu site, informa que o mercado quinzenal ficará suspenso por tempo indeterminado, bem como os espaços públicos, entre eles, os parques desportivos e infantis que possam existir nos diversos lugares da freguesia.

O primeiro comunicado da autarquia de Santarém dava apenas conta da ativação do plano e o segundo das medidas que dele constam, tendo sido ambos redigidos ontem, 18 de Março de 2020, e que aqui publicamos na íntegra:

O Plano Municipal de Emergência e Proteção (PMECP) para o Concelho de Santarém é um instrumento de trabalho, à disposição dos serviços municipais, bem como dos agentes e demais entidades e organizações responsáveis pelas atividades de proteção civil.

A ativação deste Plano, resultou de uma decisão tomada pela Comissão Municipal de Proteção Civil, realizada ontem, dia 17.03.20, a qual deliberou a ativação imediata do Plano, logo que surgisse o primeiro caso de COVID-19 no concelho, o que veio a ocorrer no dia de hoje; Fazem parte desta Comissão:

O Presidente da Câmara Municipal, que preside;
O Coordenador Municipal de Proteção Civil;
O Comandante dos Bombeiros Sapadores de Santarém;
O Comandante dos Bombeiros Voluntários de Santarém;
O Comandante dos Bombeiros Voluntários de Pernes;
O Comandante dos Bombeiros Voluntários de Alcanede;
Um elemento de cada uma das forças de segurança presentes no município;
A autoridade de saúde do município;
Diretor executivo ACES Ribatejo;
Diretor do Hospital Distrital de Santarém, EPE;
Um representante do Centro Distrital de Segurança Social de Santarém;
Representante da Empresa Águas de Santarém;
Representante da Assembleia Municipal de Santarém;
Representante do ICNF;
Representantes das juntas de freguesia do Concelho;
Infraestruturas de Portugal, S.A.;
EDP;
Altice Portugal;
Cruz Vermelha Portuguesa;
Representantes dos departamentos e serviços da Câmara Municipal:
Representantes de outras entidades e serviços implantados no município, cujas atividades e áreas funcionais possam de acordo com os riscos existentes e as características da região, contribuírem para as ações de proteção civil.

Com a ativação deste Plano pretende-se:

Definir as regras de orientação para as ações de prevenção e resposta operacional;
Garantir a unidade de direção e controlo;
Garantir a adequada articulação e coordenação dos agentes de proteção civil e dos organismos e entidades de apoio a empenhar na resposta à situação de emergência provocada pela COVID-19.

Sendo um instrumento de trabalho de aplicação municipal, poderá ser revisto e adaptado à declaração de Estado de Emergência decretado por Sua Exª o Presidente da República e cujo decreto deverá prever as condições em que o mesmo se aplica à população em geral.

Paços do Concelho, 18 de março de 2020

Presidente da Câmara Municipal de Santarém

Ricardo Gonçalves


Artigos Relacionados

Farmácia Apolinário promove rastreio da “Função Pulmonar”

Portal Alcanede

Farmácia Apolinário – Rastreio à rigidez arterial

Carlos Coelho

Covid-19: Paróquia de Alcanede mobiliza Padres da região num vídeo que apela à oração

Portal Alcanede