15.9 C
Alcanede
Domingo ,24 Março, 2019
Sociedade

Conselho de ministros abre caminho para a segunda fase da ER 361 (Amiais de Cima – Alcanena)

O Conselho de Ministros aprovou a resolução que estabelece a suspensão parcial do Plano de Ordenamento do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros para que a empreitada possa avançar.

A resolução estabelece a suspensão parcial do Plano de Ordenamento do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros na zona de Alcanena.

Uma decisão que abre caminho à realização da 2ª fase das obras de beneficiação da Estrada Regional (ER 361), entre Amiais de Cima e Alcanena, e que deverá acautelar medidas preventivas que assegurem a recuperação da paisagem e a minimização dos efeitos ambientais.

Em comunicado, a Câmara de Alcanena congratula-se com a decisão, lembrando que a autarquia tem vindo a efetuar várias diligências junto do Ministério do Planeamento e das Infraestruturas, do ICNF – Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas e da Infraestruturas de Portugal (IP), no sentido de assegurar a requalificação da 2ª fase da ER 361.

As obras em causa devem custar 3,5 milhões de euros, tendo um prazo de execução de 330 dias. Numa recente visita a Alcanede o ex- ministro, Pedro Marques, previa que as obras estivessem prontas até ao final deste ano.

Recorde-se, que a primeira fase da obra entre Alcanede e Amiais de Cima foi despoletada pelo Movimento Cívico pela Repavimentação da ER 361, criado em 2010.

O Movimento foi extinto, em setembro de 2013, numa ação que decorreu em Amiais de Cima e que teve como objetivo principal “lançar o desafio” aos principais agentes políticos dos concelhos de Santarém e Alcanena para que pudessem “acompanhar, pressionar e envolverem-se, de forma efetiva”, num processo que não está totalmente concluído” disse, na altura, Paulo Coelho (um dos porta vozes do movimento) numa alusão à 2ª Fase da obra.


Artigos Relacionados

“Eu Sou Matriz” – Associação de caçadores promove almoço de angariação de fundos

Carlos Coelho

Processo eleitoral na Associação Humanitária dos BVA aberto até 15 de Novembro

Paulo Coelho

Aldeia da Ribeira inaugura coreto e quermesse

Paulo Coelho