11.4 C
Alcanede
Sexta-feira ,3 Dezembro, 2021
Sociedade

Águas de Santarém prevê reabertura do trânsito na EN 362 até final desta semana

O corte de trânsito, nos dois sentidos, que se verifica há cerca de três semanas na EN 362, entre o cruzamento da vila de Alcanede e o Centro de Saúde tem gerado descontentamento por parte de automobilistas, comerciantes e população em geral. Sem colocarem em causa a necessidade das obras, as reclamações devem-se sobretudo ao atraso na sua conclusão, o que levou o Portal de Alcanede a solicitar esclarecimentos à Empresa Municipal Águas de Santarém (A.S.).

Refira-se que as obras em curso, o prolongamento da rede de drenagem de águas residuais de Alcanede e a construção do acesso pedonal pavimentado até aos Bombeiros Voluntários de Alcanede e ao Centro de Saúde, estavam previstas terminar no passado mês de Setembro, levando nesta altura um atraso de cerca de 3 meses. O custo global da empreitada é de 66.677,02€.

Em declarações ao Portal de Alcanede, a Administradora Executiva da Empresa Municipal A.S. esclareceu que “a execução das obras em causa revestem-se de alguma complexidade técnica, associada às elevadas profundidades a que colector de saneamento está a ser implantado”, cerca de 7 metros, “e às condições encontradas no terreno a esta profundidade (solos arenosos e nível freático)”, disse.

Segundo Teresa Matias Ferreira, em acordo com o empreiteiro a quem foi adjudicada a obra, entendeu-se “aceitar menor rendimento na execução dos trabalhos, em favor da salvaguarda da segurança dos trabalhadores e dos utilizadores da via, o que se traduziu no prolongamento dos trabalhos além do prazo inicialmente previsto”, sendo que o corte de trânsito sempre foi considerado pelos responsáveis, “dado que o colector em construção será ligado à Estação Elevatória da Quinta do Sapo”, obrigando ao atravessamento da EN362 “e originando, consequentemente, a interrupção do trânsito naquele local”, frisou.

Questionada sobre se algum empresário, a laborar na respetiva zona interdita, teria apresentado reclamação formal à Águas de Santarém, a responsável confirmou a existência de uma solicitação de esclarecimentos por parte da Farmácia Apolinário, “a 29 de Novembro, e a qual procedemos à resposta no mesmo dia”, disse Teresa Ferreira.

A Administradora Executiva da A.S. garantiu ao Portal de Alcanede que “os trabalhos que estão na origem do corte de trânsito estão particamente concluídos, aguardando-se para o final da presente semana a reabertura do troço afetado”, afirmou.

 Obras AS EN362 2

Artigos Relacionados

Recolha de lixo condicionada durante época festiva

Paulo Coelho

Grupo Motard “Doidos por Elas” comemoram 14º aniversário

Carlos Coelho

700 Doses de droga aprendidas pela GNR, 4 suspeitos detidos

Carlos Coelho