10.3 C
Alcanede
Quinta-feira ,2 Dezembro, 2021
Cultura

GMS – Quinteto de Metais atua em Alcanede dia 26 de novembro

A SFA (Sociedade Filarmónica Alcanedense) e a ARCA (Associação Recreativa e Cultural de Alcanede) vão promover, dia 26 de novembro de 2021, pelas 21h30, um concerto com o grupo GMS – Quinteto de Metais.

A iniciativa, segundo os organizadores, tem o “intuito de proporcionar ao público da região a oportunidade de assistir a um evento com músicos e repertório de excelência”. O concerto terá lugar na ARCA e é de entrada livre mediante lotação da sala.

Sobre o GMS – Quinteto de Metais

GMS tem origem nas iniciais de Grupo de Metais do Seixal, nome inicial do grupo fundado em 1989 e que mantem uma actividade regular até aos dias de hoje. Ao longo da sua atividade tem-se apresentado em vários pontos do país e estrangeiro participando em festivais, concursos, programas de rádio e televisão.

Em 1990, um ano após a sua fundação, o GMS – Quinteto de Metais ganhou o Prémio Jovens Músicos na categoria de Música de Câmara, concurso este organizado pela Antena 2 – R.D.P.

Em 1991, dois anos depois da sua fundação, o GMS – Quinteto de Metais é reconhecido pela Secretaria de Estado da Cultura, atribuindo ao grupo a Declaração de Manifesto Interesse Cultural, testemunhando o apreço pela ação desenvolvida no âmbito do projeto de descentralização musical.

Foi-lhe atribuído pela Câmara Municipal do Seixal a Medalha de Mérito Municipal, como reconhecimento da sua atividade no âmbito e fomento do gosto pela música, assim como o Golfinho de Cristal atribuído pela Região de Turismo da Costa Azul.

Em 1996, participou na gravação do CD Fernando Pessoa por Sinde Filipe, com música de Laurent Filipe.

O GMS – Quinteto de Metais lançou em 1997 um CD com obras exclusivas do compositor português, António Vitorino D´Almeida, com o qual tem o privilégio de trabalhar e se apresentar em concerto.

Para além das atividades performativas e pedagógicas o GMS – Quinteto Português de Metais organiza master classes com músicos de elevado reconhecimento internacional, tais como: Philipe Legris, Halter Wilgers, Gene Pokorny (tuba); Bruno Nouvion, Allen Vizutti, Michael Sachs, Matthias Hofs e Thomas Stevens (trompete); Joseph Alessi, Scott A. Hartman, Henrique Crespo e David Taylor (trombone); Philip Myers e Wolfgang Gaag (trompa), German Brass e Laurent Filipe.

O GMS – Quinteto de Metais atualmente é constituído por: Hugo Santos e Daniel Louro – Trompetes, Rodrigo Carreira – Trompa, Nuno Scarpa – Trombone e Adélio Carneiro – Tuba.

Fonte: https://gmsquinteto.pt/

Artigos Relacionados

Finalistas da Escola de Música da SFA atuam na festa de Santa Cecília

Carlos Coelho

Jantar de gala e vários momentos musicais assinalam 117º aniversário da Banda de Alcanede

Carlos Coelho

Noite de Fados assinala 36º Aniversário do Centro Social e Recreativo de Valverde

Paulo Coelho