26.5 C
Alcanede
Segunda-feira ,16 Setembro, 2019
Sociedade

Elogios à direção da AHBVA marcaram sessão solene dos 24 anos dos Bombeiros de Alcanede

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Alcanede assinalou, no passado dia 10 de março, o 24º aniversário da instituição. Uma sessão solene marcada pela condecoração de alguns bombeiros após o batismo de novas viaturas e também pelos elogios à direção da AHBVA, presidida por Nelson Durão.

Numa alusão aos momentos conturbados que a instituição viveu no passado recente, o presidente da Assembleia Geral, Joaquim Aniceto, disse “o caminho faz-se para a frente mas não se deve esquecer o passado, dado que o mesmo nos ensina a percorrer novos e melhores caminhos”.

No seu discurso, Filipe Regueira, sublinhou “a verdade é como o azeite e vem ao de cima, foi possível recuperar este corpo de bombeiros”.

O Comandante dos BVA assegurou, que no espaço de um ano, foi possível aumentar a capacidade operacional, “contrataram-se mais 10 operacionais para a estrutura profissional, reforçou-se o apoio de secretaria, cozinha, higiene e limpeza”.

O responsável pelo comando destacou a ajuda de várias instituições e os investimentos da direção, superiores a 180 mil euros, em viaturas e equipamentos.

“Dois novos veículos dedicados ao transporte de doentes, 1 ambulância de transporte de múltiplos, 1 ambulância de socorro, 1 veículo urbano de combate a incêndios, 1 veículo florestal, 1 viatura especial semi-reboque, equipamento de proteção individual, saúde e modernização e atualização dos sistemas rádio”, enumerou.

“O corpo de bombeiros está grato a si e à sua família pelo esforço, dedicação, e empenho que colocam todos os dias ao serviço da instituição” disse.

No uso da palavra, o presidente da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Alcanede, manifestou o agrado pela presença de antigos diretores e fundadores na cerimónia, “isto não apareceu do nada, não acontece do ar, há muito trabalho e é justo homenagear o papel destas pessoas nos últimos 24 anos”.

“Bombeiros de Alcanede é com grande orgulho que me dirijo a todos, pois, eu torno-me sempre muito pequenino ao pé de vocês. São um orgulho para toda a população de Alcanede e Gançaria pelo trabalho e dedicação, horas a fio”.

Num discurso emotivo, Nelson Durão, agradeceu o apoio que tem recebido da população, autarquias de Santarém e Alcanede, instituições, fornecedores e empresários.

O presidente da direção da AHBVA destacou, a oferta de uma ambulância doada pelo Conselho Diretivo dos Baldios de Valverde, Murteira e Barreirinhas e o curso custeado a 6 tripulantes de ambulância de socorro, pelo Conselho Diretivo dos Baldios de Vale da Trave, Casal d` Além, Covão dos Porcos e Vale de Mar.

A Sessão Solene do aniversário dos Bombeiros de Alcanede registou a presença do representante da Federação dos Bombeiros do Distrito de Santarém. Na sua intervenção, José Salvado, destacou o trabalho desenvolvido pela atual direção, “a sua gestão é marcada por iniciar de forma irreversível um percurso de recuperação e mobilização”, disse.

Também o representante da Liga dos Bombeiros Portugueses sublinhou perante a plateia, o esforço que tem sido empregue, “é um trabalho árduo, difícil e que muitas vezes não é notado, não se vê. Esta associação tem vitalidade e pernas para andar” referiu, Adelino Gomes.

“Obrigado, por ter tido a capacidade, tenacidade, o arrojo de pegar nos destinos deste corpo de bombeiros e de o reinventar em tão pouco tempo”, sublinhou na sua intervenção o Comandante Distrital.

“As direções e comandos dos corpos de Bombeiros são duas faces da mesma moeda, que tem obrigação de trabalharem em conjunto com respeito mútuo pelas atribuições e competências de cada um. Se exemplo existe disso, Alcanede é neste momento um exemplo vivo” disse, Mário Silvestre.

O presidente da Junta de freguesia de Alcanede aproveitou a ocasião para evidenciar “a satisfação por ver a corporação cada vez mais forte, dinâmica e ativa. Manuel Joaquim Vieira, realçou o papel dos Bombeiros Voluntários na sociedade civil, “um trabalho notável ao nível do serviço de socorro. Num esforço que é feito de forma permanente em matéria de segurança e bens” reafirmando o apoio da autarquia local.

A Sessão Solene encerrou com o discurso do presidente da Câmara Municipal de Santarém que, por inerência do cargo, é também o responsável da proteção civil no concelho.

“Dando as mãos o caminho é sempre mais largo” disse Ricardo Gonçalves, numa alusão aos desentendimentos gerados pela impugnação das eleições de março de 2016.

O autarca endereçou os parabéns à direção e aos bombeiros, alguns condecorados durante a cerimónia, “é um orgulho ter corpos de bombeiros como os Voluntários de Alcanede. Quando estiverem com tempos difíceis não tenham receio. Vocês nunca caminham sozinhos. O município de Santarém está perto e a ver o grande trabalho que fazem”, disse.

No aniversário da AHBVA marcaram também presença, a Fanfarra dos Bombeiros de Rio Maior, os presidentes e membros das direções dos Bombeiros de Pernes, Rio Maior, Golegã, Entroncamento, Ourém, Cartaxo, Constância,Torres Novas, Carcavelos e comandantes dos corpos de Bombeiros.

No decorrer da Sessão Solene foram condecorados os seguintes bombeiros:

Medalha de Grau Cobre atribuída pela Liga dos Bombeiros Portugueses por 5 anos de assiduidade e de bons efetivos serviços

Bombeiro de 3ª – Ricardo Aires
Bombeiro de 3ª – Natália Laurentino

Medalha de Grau Prata atribuída pela Liga dos Bombeiros Portugueses por 10 anos de assiduidade e de bons efetivos serviços

Bombeiro de 2ª – Pedro Miguel Batista
Bombeiro de 2ª – Catarina Alexandra Parrochinha Pereira
Bombeiro de 2ª – André Filipe Montez Bento
Bombeiro de 2ª – Jaime Miguel Conceição Silva

Medalha de Grau Ouro atribuída pela Liga dos Bombeiros Portugueses por 15 anos de assiduidade e de bons efetivos serviços

Bombeiro de 2ª – Adérito Rui Tomás de Sousa
Bombeiro de 2ª – Cristina Lúcia da Conceição Ferraria

VER FOTOS


Artigos Relacionados

Nota de agradecimento da família Mendo pelo apoio recebido por ocasião do falecimento do seu ente querido

Paulo Coelho

Ministro “promete” obras da 2ª fase da ER 361, Amiais de Cima – Alcanena, para ano de eleições autárquicas

Carlos Coelho

Rancho das Viegas vai comemorar as bodas de prata

Carlos Coelho