11.6 C
Alcanede
Quinta-feira ,29 Fevereiro, 2024
Cultura

GMS – Quinteto de Metais atua em Alcanede dia 26 de novembro

A SFA (Sociedade Filarmónica Alcanedense) e a ARCA (Associação Recreativa e Cultural de Alcanede) vão promover, dia 26 de novembro de 2021, pelas 21h30, um concerto com o grupo GMS – Quinteto de Metais.

A iniciativa, segundo os organizadores, tem o “intuito de proporcionar ao público da região a oportunidade de assistir a um evento com músicos e repertório de excelência”. O concerto terá lugar na ARCA e é de entrada livre mediante lotação da sala.

Sobre o GMS – Quinteto de Metais

GMS tem origem nas iniciais de Grupo de Metais do Seixal, nome inicial do grupo fundado em 1989 e que mantem uma actividade regular até aos dias de hoje. Ao longo da sua atividade tem-se apresentado em vários pontos do país e estrangeiro participando em festivais, concursos, programas de rádio e televisão.

Em 1990, um ano após a sua fundação, o GMS – Quinteto de Metais ganhou o Prémio Jovens Músicos na categoria de Música de Câmara, concurso este organizado pela Antena 2 – R.D.P.

Em 1991, dois anos depois da sua fundação, o GMS – Quinteto de Metais é reconhecido pela Secretaria de Estado da Cultura, atribuindo ao grupo a Declaração de Manifesto Interesse Cultural, testemunhando o apreço pela ação desenvolvida no âmbito do projeto de descentralização musical.

Foi-lhe atribuído pela Câmara Municipal do Seixal a Medalha de Mérito Municipal, como reconhecimento da sua atividade no âmbito e fomento do gosto pela música, assim como o Golfinho de Cristal atribuído pela Região de Turismo da Costa Azul.

Em 1996, participou na gravação do CD Fernando Pessoa por Sinde Filipe, com música de Laurent Filipe.

O GMS – Quinteto de Metais lançou em 1997 um CD com obras exclusivas do compositor português, António Vitorino D´Almeida, com o qual tem o privilégio de trabalhar e se apresentar em concerto.

Para além das atividades performativas e pedagógicas o GMS – Quinteto Português de Metais organiza master classes com músicos de elevado reconhecimento internacional, tais como: Philipe Legris, Halter Wilgers, Gene Pokorny (tuba); Bruno Nouvion, Allen Vizutti, Michael Sachs, Matthias Hofs e Thomas Stevens (trompete); Joseph Alessi, Scott A. Hartman, Henrique Crespo e David Taylor (trombone); Philip Myers e Wolfgang Gaag (trompa), German Brass e Laurent Filipe.

O GMS – Quinteto de Metais atualmente é constituído por: Hugo Santos e Daniel Louro – Trompetes, Rodrigo Carreira – Trompa, Nuno Scarpa – Trombone e Adélio Carneiro – Tuba.

Fonte: https://gmsquinteto.pt/

Artigos Relacionados

Concerto de Ano Novo da SFA marcado para 14 de janeiro na A.R.C.A

Portal Alcanede

Banda de Alcanede celebra 113 anos de vida com casa cheia

Paulo Coelho

História da Ermida de Nossa Senhora da Neves em Mata do Rei

Paulo Coelho