19.3 C
Alcanede
Sábado ,20 Julho, 2024
AlcanedeEducaçãoRegião

Agrupamento de Escolas D. Afonso Henriques adapta-se às novas realidades

Num momento particularmente sensível, devido à Covid-19, a direção do Agrupamento de Escolas Dom Afonso Henriques (AEDAH) anunciou as medidas que servirão para “acautelar e mitigar os danos que podem surgir com o início das aulas devido à pandemia que nos vem assolando”, refere o documento publicado no site da entidade que gere as duas escolas do ensino básico com 2º e 3º Ciclos, 13 Escolas do 1º Ciclo e 14 Jardins-de-Infância da nossa região.

Segundo Helena Vieira, “É nossa grande preocupação que os alunos estejam seguros e que possam usufruir de uma educação cuidada e atenta para que recuperem o que perderam no ano letivo anterior”. A diretora do AEDAH lembra que as medidas foram tomadas em função das condições físicas de cada estabelecimento de ensino do Agrupamento.

No documento que publicamos na íntegra devido ao interesse público de toda a comunidade educativa da região são destacados diversos pontos, entre os quais a forma como será feita a receção aos alunos e encarregados de educação, o funcionamento das escolas no novo ano letivo prestes a iniciar, refeições, a reorganização do espaço escolar, a promoção de comportamentos preventivos e a gestão de casos e sua comunicação.



Artigos Relacionados

Tempo frio veio para ficar mais alguns dias em todo o território nacional

Portal Alcanede

Agrupamento de Escolas D. Afonso Henriques – Faltam assistentes operacionais no arranque do Ano letivo

Carlos Coelho

Missão Continente visitou Escola Básica de Alcanede

Carlos Coelho