23.5 C
Alcanede
Quarta-feira ,17 Agosto, 2022
Sociedade

Atos de vandalismo ao património Alcanedense sugerem câmaras de vigilância

O Castelo de Alcanede e o Parque de Jogos voltaram a ser vítimas de vandalismo durante o passado fim de semana, de 27 e 28 de janeiro de 2019. Os prejuízos estão avaliados em cerca de 1500 euros pela quebra de sete projetores, dois dos quais vandalizados há cerca de 3 semanas.

Desta vez, os autores da destruição também não pouparam os balneários do Parque de Jogos, “ foram aos balneários abrindo a porta, acendendo luzes, tentando atear fogo às borrachas das janelas” lamentou, ao Portal de Alcanede, Manuel Joaquim Vieira.

O presidente da Junta de Freguesia de Alcanede, perante os recorrentes atos de vandalismo, entende que a reposição dos projetores no Castelo só deverão acontecer após a aquisição de câmaras de vigilância, “já pedimos orçamento a uma empresa da área há mais de dois meses, deslocaram-se ao local, e estamos a aguardar que nos enviem valores para mandarmos ao Instituto de Gestão do património” disse.

Recorde-se que o último ataque ao património Alcanedense foi efetuado no dia 3 de junho de 2018. Na altura, foram destruídos dez dos projetores.

Artigos Relacionados

Resíduos dos ecopontos de Alcanede já foram recolhidos

Paulo Coelho

Pinhal de Alcanede esconde 600 quilos de cobre dissimulado na vegetação

Paulo Coelho

Vespinhas do Castelo uma associação de gerações

Carlos Coelho