17.9 C
Alcanede
Domingo ,19 Maio, 2024
Sociedade

ER 361 – Pombos levam mensagem em direcção a Monsanto e Alcanena

O Movimento Cívico pela ER 361 fez na ultima sexta-feira, 16 de Julho uma acção simbólica que consistiu na largada de 17 pombos correio, um pombo por cada KM do troço que liga Alcanede a Alcanena. O local escolhido para a largada das aves foi o KM 61+890 que corresponde ao final das obras da 1ª fase, que deverão segundo a EP (Estradas de Portugal, S.A) iniciar-se entre Setembro e Outubro deste ano.

Os pombos são sinónimo de paz e essa foi uma das mensagens que os membros do movimento quiseram transmitir às entidades competentes pela repavimentação desta estrada regional. Por outro lado, a mensagem contém também um apelo a um maior envolvimento por parte das populações abrangidas na 2ª fase das obras, nomeadamente Monsanto e Alcanena.

O exemplo demonstrado pelos cidadãos das freguesias de Alcanede, Abrã e Amiais de Baixo e que teve como expoente máximo a marcha condicionada do passado dia 1 de Abril, vai “dar frutos em breve, mas é importante não esquecer que nem tudo está ainda feito”, refere Paulo Coelho, um dos porta-vozes do movimento.

O assunto vai continuar a ser discutido nos próximos tempos na comissão de obras públicas e transportes, onde depois de uma primeira audição aos peticionários, o relator da petição Vasco Cunha (PSD) confirmou a realização de um relatório intercalar onde pondera ouvir a EP, INIR e ICNB, realizar uma visita à estrada com os deputados da comissão, além da subida do tema a plenário.

O movimento cívico lamenta que “inicialmente nem o PS, nem o BE através dos deputados eleitos pelo círculo de Santarém, não tenham manifestado o devido interesse sobre tão importante matéria, não dando sequer resposta ao documento enviado pelo movimento em Abril passado, demonstrando falta de sensibilidade por um movimento de cidadãos.”

E se este é um cartão amarelo aos dois partidos, o movimento pela ER 361 atribui um segundo e consequente vermelho aos deputados do PS, que no passado dia 21 de Junho visitaram o concelho de Alcanena, acompanhados pela presidente da câmara, Fernanda Asseiceira. De acordo com o site do PS Alcanena, “levavam como uma das preocupações a estrada ER 361, mas só entre Alcanena e Amiais de Cima, o que indicia claramente uma falta de apoio e solidariedade a todos os cidadãos utentes desta estrada”.

O movimento considera que “não é com este tipo de actuação que os eleitores se revêem. Neste caso concreto, não se pode olhar só para o nosso quintal e fazer de conta que o do vizinho não existe! Sob esse ponto de vista o movimento cívico chamar-se-ia apenas ER 361 Alcanede-Amiais de Cima e não Alcanede-Alcanena!”
O porta-voz sublinha que o “movimento surgiu de forma espontânea não funcionando por convites a ninguém em particular, sendo aberto a todos os que pretendem apenas solucionar um drama que se arrasta há tempo demais.”, esclarece.

Nota: No antigo site do Portal esta página foi lida 674 vezes

Artigos Relacionados

Toy atua em março nas Festas de Aldeia d` Além

Portal Alcanede

EDP promete solução para perigo iminente em Ribeira dos Moinhos

Paulo Coelho

CCR Aldeia da Ribeira organiza 3º Passeio de Motorizadas e Vespas

Paulo Coelho